terça-feira, junho 14, 2005

Maior nabo

Qual o maior nabo...eletromag.....Ft3?

Os nabados, entre eles a pessoa que vos escreve, deram pra tras no NSK....bem que a gente queira matar a Kalynka...fica pra proxima...

Cade o resto dos Nabdos...

Força Nabados....

Avante Nabo Veloz Racing Team

Abraços e nabos

Doug

sexta-feira, junho 10, 2005

desencontros, convulsão, idade fracionária e seqüestro

Desencontros:
Giuliano Said:"Tô contigo!!!! No momento, não poosso escrever mto, mas..."

Isso explica um pouco o motivo pelo qual não nos encontramos. Mas deixe-me lembrar a esse bando de Nabados bunda-mole que a um tempinho atrás marcamos uma escalada na qual só fomos a Rossana, o Giuliano, o Vitor e eu.


Convulsão e idade fracionária:
Como a notícia corre rápido, todo mundo já deve estar sabendo que o Laerte teve uma convulsão hoje (aliás, será que ele está no nabo?). Bom, está tudo bem com ele (pelo menos até eu deixá-lo na casa dele estava) e aparentemente não foi nada mais grave, só uns ematomas e mordidas - ele pode até dizer que foi só uma noite de sexo selvagem.
E o que é uma idade fracionária? Vamos colocar um contexto na convulsão do nosso amigo: o Lab de Eletricidade.
O Laerte estava fazendo um lab (provavelmente manual) quando sofreu a convulção. Ao começar a voltar a si, perguntaram a ele o seu nome... Os relatos são confusos sobre se ele respondeu ou não, mas o que todos concordam é que quando perguntaram a ele a sua idade a resposta foi:
- ahh... 0,5173... humm 68...


Seqüestro:
Laerte, Kalynka e eu, saindo pelo P3 para levar o Laerte pra casa. Um guarda nos para e pede meus documentos do carro e CNH. Até ai normal, talvez tenha acontecido alguma coisa assalto ou algo do tipo. O divertido foi quando ele viu o Laerte no banco de trás, com hematomas e afins.
- ehh... você tem seu documento?
- Ele sofreu uma convulção* , estamos levando ele pra casa - disse eu
- hmm...
E foi na viatura verificar nossos documentos.


* eu disse convulsão com cê-cedilha mesmo pq sou um engenheiro anarfabeto

segunda-feira, junho 06, 2005

Faz meses...

Hoje, ao encontrar com o Pedro (duas vezes, por sinal!), lembrei-me que fazia pelo menos dois meses que eu não o encontrava.

O que me levantou o questionamento: faz quanto tempo que eu não vejo o pessoal da Turma 1?

Começando pela Rossana: a última vez que encontrei com ela, foi em Março. Pelo menos 3 meses.
O Juca deve fazer um mês mais ou menos, outro dia encontrei com ele no biênio.
O Oshiro de vez em quando eu encontro pq ele tem aula na Produca de Estatística. (Ah, Oshiro, eu fui o feliz ganhador dos DVDs do Anime USP - depois eu conto mais detalhadamente essa façanha).
O Vitor é outro que faz anos que eu não vejo. O Antônio eu encontrei no busão outro dia (e no Integrapoli, há dois meses atrás).
O Morasco, esse eu nem me lembro mais da última vez que eu o vi.
O pessoal da Mecatrônioca felizmente consigo encontrá-los pelo menos às quintas, quando tenho aula de Termo.
A Kalynka e o Laerte eu encontrei na sexta passada, qdo a gente foi no cinema assistir ao Guia do Mochileiro das Galáxias (não percam!).
E o Ralf, bem, esse eu encontro todo dia. Além do produteiro Giuliano.
A Conclusão é: PRECISAMOS MARCAR ALGUMA COISA!!!! Nem que seja uma ida ao Rei ou mesmo uma bandejada de confraternização. É preciso colocar os papos em dia. Se alguém sente o mesmo, por favor se manifeste. O semestre está acabando (graças a Deus).
Coloco meu apertamento a disposição para algum evento, desde que obedecidas algumas restrições heheheh... Enfim, quem tiver alguma idéia, manifeste-se.
Abraços a todos os nabados.